Responsabilidade Social

 

Levamos nossas máquinas para o Mercado Municipal de Santos e colocamos a mão na massa. Mãos a obra!

Preocupado com a tradicional descontinuidade brasileira das políticas públicas que ocorrem com as mudanças de orientação política, o projeto visa, como um ímã pedagógico, atrair para a OFICINA DE MARCHETARIA, adolescentes e adultos com vidas extremamente difíceis que moram na cidade de Santos. Eles serão atraídos para a oficina, cujo objetivo é, estimular a criatividade que será o instrumento pessoal para compor um estilo próprio de trabalho, exercitando esta prática na criação de objetos. O objetivo é contribuir no processo de educação social de adolescentes e adultos em situação de vulnerabilidade social, visando sua inserção no mundo dos direitos de cidadania, e em paralelo oferecendo oportunidade de treinamento profissional, uma futura e promissora geração de renda através da marchetaria, desenvolver talentos e formar multiplicadores deste aprendizado.

Nosso ateliê, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Santos está, voluntariamente, todas as quartas-feiras à tarde, ministrando aulas de marchetaria de madeira maciça para pessoas de baixa renda na Eco-fábrica da Vila Criativa localizada no Mercado Municipal de Santos. Os objetos são construídos à partir de madeiras descartadas por marcenarias, madeireiras, indústria moveleira e madeira de demolição coletadas pelo Cata-Treco, serviço de coleta da Prefeitura Municipal de Santos. Nestas sobras podemos encontrar madeiras raras como Jacarandá, Pinho de Riga, Jatobá, Imbuia, Pau Brasil, Jacarandá Tam, Braúna,  e ainda muitas outras como Gonçalo Alves, Pinho, Pínus, Aroeira, Massaranduba, Cerejeira e tantas outras. Inúmeras são as possibilidades de criação, utilizando as cores, texturas e nervuras das madeiras para desenvolver objetos de grande valor comercial e apelo ambiental. É a arte que vem do lixo!

“Nobre deve ser o resultado, e não a matéria prima”